<$BlogRSDUrl$>
.

HitdaBreakz

8/07/2005

Os samples de Madlib


Recentemente, um por vezes polémico, mas muito frequentado e bastas vezes elucidativo grupo de discussão na Internet decidiu investigar a fundo as produções de Madlib, no que aos samples diz respeito. Embora eventualmente problemáticas quando dedicadas a produtores contemporâneos (há quem diga que é a estes fóruns que alguns advogados especializados em direito de autor vão buscar os seus honorários!), estas listas são igualmente educativas pois abrem uma porta para o universo de cada beat maker, permitindo-nos saber que música ouvem e com que é que andam a alimentar os seus samplers.
Image hosted by Photobucket.com

O caso de Madlib, até sob este aspecto, é muito sui generis, uma vez que o próprio gosta de falar sobre a música que ouve, os discos que sampla e as pérolas que vai trazendo de cada beat diggin' mission em que se envolve. Seja como fôr, para os que admiram e seguem a carreira deste músico, aqui ficam mais umas peças para adicionar ao já muito complexo puzzle da sua personalidade melómana. No caso específico, são temas que samplou nas suas mais variadas encarnações - Quasimoto, Jaylib, Madvillain, Lootpack - ou nas suas produções, para gente como Dudley Perkins (aka Declaime), por exemplo . E é, de facto, uma lista reveladora. Senão vejamos:

Joe Cocker – “Woman To Woman”
Don Cherry – “Complete Communion”
Melvin Van Peebles – “C’mon Feet”
Roy Ayers – “Sensitive”
Alain Goraguer – “Le Bracelet”
The Impressions – “On The Move”
Galt MacDermot – “Stockyard”
Ronnie Laws – “Tidal Wave”
Galt MacDermot – “Harlem Medley”
Oneness Of Juju – “African Rhytms”
Son and Daughters of Lite – “Darkman Junction”
Kool & The Gang – “North East South West”
The Electric Prunes – “Holy Are You”
David Axelrod – “A Divine Image”
Eugene McDaniels – “Supermarket Blues”
David Axelrod – “Holy Thursday”
John Dankworth – “Return From Ashes”
Sam & Dave – “Let It Be Me”
Kool & The Gang – “Little Children”
The Dells – “When You’re Alone”
Gary Bartz – “Celestial Blues”
Jimmy Smith & Wes Montgomery – “Mellow Mood”
David Axelrod – “The Signs Part 2”
Marlena Shaw – “California Soul”
9th Creation – “Bubble Gum”
Accade – “Accade A Bali”
Bobby Lyle – “Inner Space”
Mandrill – “Khidja”
Igo Kanter & William Loose – “Cherry, Harry, & Raquel”
The Electric Prunes – “General Confessional”
Hurricane Smith – “Back In The Country”
Doris – “You Never Come Closer”
Charlie Hunter – “Stars Fall On Alabama”
Augustus Pablo – “Heavy Duty”
Gentle Giant – “Plain Truth”
Paul Mauriat – “Melancholy Man”
Gentle Giant – “Octopus”
Jaco Pastorius – “Opus Pocus”
Cortex – “Troupeau Bleu”
Stereolab – “Come And Play In The Milky Night”
Lea Solonga – “Journey”
Fever Tree – “Ninety Nine and a Half (Won’t To Do)”
William Loose, Stu Phillips, and Marvin Elling – “Kelly”
Gentle Giant – “Funny Ways”
ZZ Hill – “That Aint The Way You Make Love”
Frank Zappa – “Sleeping In A Jar”
Tsehaytu Beraki – “Medjemerya Feqrey”
Daedalus – “Experience”
Lee Mason – “Shady Blues”
Bill Evans (or Dan Franta) – “Nardis”
Johanna Group – “Hors Phase”
Eric Peters – “Electronic Rhytm”
Stringtronics – “Dawn Mists”
Dr. John – “Danse Kalinda Ba Boom”
Dr. John – “Danse Fambeaux”
Guy Pederson – “Pretexte Indicafits”
Medeski, Martin, and Wood – “Night Marchers”
Billy Paul – “Thank You (For This Blessing)”
Russ Meyer - “Faster Pussycat! Kill! Kill!”
John Pilips - “Promise not to Tell”
Dorothy Ashby - “Cause I need it”
Sister Nancy - “Bam-bam”
Marc Moulin - “S.U.S.”
Dorothy Ashby - “Joyful grass and grape”
Gwynne & Esser - “Creativity”
Neil Diamond - “Pot Smoker's Song”
Sun Ra - “Astro Black”
Ian Carr's Nucleus - “Roots”
Brian Bennett - “Discovery”


Ou seja, e assim de repente, Soul, Jazz de diversos quadrantes, rock psicadélico, rock progressivo, Funk, Library, Reggae, Dancehall, Pós-Rock, Easy Listening... Madlib não fecha os ouvidos a nada. E, acreditem, toda esta música (e muito mais, não citada aqui) ajuda de facto a compreender a multi-facetada personalidade de Madlib. Os textos que eu e o Dub aqui colocámos a propósito do All The Breaks encontram, afinal, justificação numa lista destas. Ao trabalho!